Pão de queijo: Tradição em Minas e também na Panificadora Kennedy!

No dia 17 de agosto comemora-se o Dia Nacional do Pão de Queijo, esta iguaria tipicamente mineira que tomou conta dos corações brasileiros e está em toda parte. Esse pãozinho tornou-se um ótimo acompanhamento para cafezinhos, lanches da tarde ou até mesmo, para o café da manhã. Na Kennedy, é um dos alimentos mais amados e procurados a qualquer hora do dia. 

A origem do pão de queijo não é concreta, há diversos relatos de como e quando a receita foi criada. A primeira delas é que no século XVIII, cozinheiras das fazendas de Minas Gerais utilizavam farinha de mandioca, já que não existia trigo no Brasil e sua importação era muito cara, para fazer pães. Quando sobravam queijos, elas cortavam em pedaços e adicionavam a massa. Ovos e leites eram produtos em abundância nesta região e em algumas ocasiões também eram utilizados. Dessa forma, os pãezinhos foram criados e tornaram-se parte do dia-a-dia dos senhores do engenho. 

Outra história conta que a receita surgiu no período da escravidão, a partir da junção dos ovos e do leite, heranças dos portugueses, com a mandioca e o queijo, encarregado de dar sabor à massa. Este fenômeno gastronômico era chamado de pão dos índios 

A popularização, no entanto, se deu somente após o ano de 1950, e a partir dessa década, a iguaria passou a ser consumida no país inteiro e até no mundo. 

“Aqui na Kennedy os pães de queijo são tão pedidos quanto o tradicional pão na chapa com manteiga para acompanhar o cafezinho durante a manhã. Já ao longo do dia, costumam levar para petiscar ou dividir com os amigos e família. É a paixão da nossa clientela”, comenta a diretora da Kennedy, Chris David. 

O segredo de tanto sucesso é o uso de ingredientes de qualidades e frescos que garantem elasticidade, maciez, crocância e um sabor inigualável. Se você também é um amante dessa “paixão nacional” não pode deixar de vir a Kennedy experimentar a versão da Panificadora que a clientela tanto ama. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *